Escolher idioma

VoLTE – Agora estamos conversando

Publicado por Erik Lilieholm em 18 de abril de 2017

Bread-rye-compEsta é a primeira publicação de uma nova série de blog baseada no eBook Melhores práticas de LTE atualizado, disponível para download no website da CommScope.

Adoro pão – todos os tipos de pães: centeio escuro, centeio tipo sourdough, pão nuvem francês... Meu prazer é cozinhar, permitindo que o aroma de dar água na boca de um pão saindo do forno tome a casa toda. E tenho que decidir exatamente o que vai nesse pão. Como acontece com muitas atividades de lazer, há um risco de ficar muito absorvido pelas minúcias do processo, mas eu tenho um segredo que me ajuda a me concentrar mais no resultado: utilizo uma máquina de fazer pães para produzir várias das minhas variedades favoritas.

Esta máquina de fazer pães tem um papel secundário como meu exemplo de como as coisas eram melhores "nos velhos tempos." Depois de 25 anos e milhares de ciclos de calor e movimento mecânico, mesmo o revestimento antiaderente parece novo. Ao longo deste período de tempo, vários outros aparelhos surgiram e se foram e não conseguiram deixar uma impressão tão satisfatória. Esta é uma máquina de fazer pães bem fabricada.

E essa, para seguir no tópico da publicação, também tem sido minha experiência com o serviço de voz celular. Na época em que o celular era sinônimo de chamada de voz, tanto os aparelhos quanto as redes eram construídos e otimizados com a finalidade de falar e ouvir. Os smartphones que levamos nos nossos bolsos hoje são verdadeiras maravilhas de capacidade conectada, mas sem dúvida não têm a forma e configuração ideais para uso como telefone. Embora grandes avanços tenham ocorrido em tecnologia e implantação de rede para saciar o nosso apetite por dados móveis, a voz tem recebido relativamente menor atenção. Quando o planejamento de rede deve se concentrar no desempenho dos dados, a cobertura de voz e a qualidade podem ser reduzidas.

A vantagem desse desenvolvimento vem na forma de Voice over LTE (VoLTE). Ao migrar o serviço de voz para LTE, o espectro adicional pode ser formado de 2G/3G e essas tecnologias mais antigas acabaram se aposentando. A eficiência espectral global é assim maximizada e a operação de rede completa é simplificada. As operadoras se beneficiam com as despesas reduzidas e as oportunidades para receitas adicionais dos serviços aprimorados.

Os usuários também se beneficiam. O VoLTE oferece uma melhor qualidade de voz e maior largura de banda de áudio, inclusive voz HD. As conexões são obtidas mais rapidamente e com maior confiabilidade e permanecem robustas sob condições de sinal pobres e de demandas elevadas de tráfego. Novas funcionalidades, como chamadas de vídeo, também estão disponíveis com uma melhoria semelhante na qualidade de serviço.

Com o suporte VoLTE como recurso padrão nos dispositivos dos usuários atuais, mais operadoras estão implantando a tecnologia. Ao fazê-lo, elas descobrem que a operação VoLTE ideal impõe novas exigências sobre como a rede de acesso por rádio deve ser melhor planejada e equipada. Alguns pontos-chave a se considerar podem ser encontrados no eBook Melhores práticas de LTE . Obtenha sua cópia hoje após um breve registro.

Mais uma vez, tenho um telefone muito bom no meu bolso, com todas as outras coisas que ele pode fazer. Até agora, no entanto, ele não pode colocar as expressões perfeitas castanhas e crocantes na minha torrada fresca de gérmen/semente de trigo como faz a minha torradeira de 2 fatias de 1987. Talvez alguém conceba uma solução inovadora para isso também.

Sobre o(a) autor(a)

Erik-Lilieholm-3x2

Erik Lilieholm

Erik Lilieholm é gerente de vendas técnicas, engenharia de rede de mobilidade. O histórico diversificado de Erik no setor de comunicações wireless da América do Norte remontam ao lançamento das primeiras redes de comunicações celulares. Desenvolveu seu conhecimento com a Allen Telecom, LGP Telecom e Ericsson. Com mais de 25 anos em projeto de RF, gestão de produtos e marketing técnico, Erik fornece liderança crítica às famílias de soluções de rede wireless da CommScope, ajudando os clientes a preencher suas necessidades e visões atuais e futuras. Ele possui várias patentes no campo da tecnologia de filtros de RF. Erik obteve seu mestrado em engenharia elétrica pelo Royal Institute of Technology de Estocolmo, Suécia e MBA pela Universidade de Nevada, Reno.

Faça seu comentário

Nome:
 
Endereço de e-mail:
(não será publicado)
  (obrigatório)
Website:
 
Comentário: