19_digital_hospitalNota Este post foi escrito pelo Thyago Vieira, socio da TS Inova, a pedido do ComScope Blog. TS Inova é um PartnerPro da CommScope. As opiniões e comentarios neste post não necessariamente reflletem a visão da CommScope.

Atualmente, um dos temas mais discutidos entre os mais renomados profissionais de saúde são os Hospitais Digitais, ambientes altamente conectados, que, por meio de sistemas de alta performance, equipamentos de ponta e sensores, oferecem o melhor tratamento e diagnóstico aos pacientes.

Clique para postar no Twitter : Thyago Vieira fala sobre como AIM podem auxiliar os Hospitais Digitais

O caminho para se tornar um hospital digital passa pela adoção de processos e sistemas complexos, que visam o atendimento, tratamento e assistência aos pacientes com o mais alto nível de assertividade. Uma das mais renomadas certificações para esse setor é a Analytics Electronic Medical Record Adoption Model (EMRAM), criada e certificada pela Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS). Ela tem como objetivo principal estimular o uso da Tecnologia da Informação no setor de saúde. A adoção do EMRAM pelos hospitais passa pela implementação de tecnologias de suporte ao processo de assistência aos pacientes, que pode ser medida pelo seu modelo de oito estágios (que vai de 0 a 7, sendo que, quanto maior o nível do estágio no EMRAM, mais conectado e digital o hospital se encontra. 

Com a adoção desses novos sistemas, o departamento de TI destes hospitais passa a ser responsável por gerenciar e garantir o funcionamento não somente dos dispositivos padrão de uma rede, como desktops, access points e CFTV, mas também fica responsável pelo funcionamento e manutenção de inúmeros equipamentos médicos e sistemas de assistência ao paciente, fato que eleva o desafio de garantir a continuidade e funcionalidade de todo o ambiente do hospital. Mais sistemas e equipamento conectaram, mais grande o desafio de assegurar a operação em cada ajuste.

Para alcançar a qualidade de um hospital digital, é necessário estar atento a um nível de excelência e continuidade do ambiente de TI sem precedentes, com foco nos seguintes aspectos: 

  • Automação – Possuir ferramentas que propiciem a continuidade e automação da TI, fazendo com que os sistemas “conversem” entre si e sejam capazes de detectar, analisar e, se possível, possíveis problemas na operação normal dos sistemas, dos quais dependem o funcionamento do hospital;
  • Gestão de inovação – Estar sempre em busca de tecnologias inovadoras, em busca de elevar a qualidade, produtividade e eficiência do ambiente de TI;
  • Mobilidade – Um dos grandes desafios de um hospital digital é ser capaz de coletar e “trafegar” informações dos pacientes em tempo real, entre os diferentes setores do hospital. Para isso é necessário que os sistemas estejam sempre ativos, coletando e compartilhando as informações;
  • Eficiência – Fica claro que um hospital digital é um ambiente de uma alta complexidade e criticidade (afinal, estamos lidando com vidas). Então é preciso contar com ferramentas que sejam capazes de ajudar o gerente de TI e sua equipe a manter uma rede com baixo nível de downtime.

Para obter excelência no funcionamento é preciso investir em uma infraestrutura capaz de atender esse nível de exigência, além de garantir segurança da informação. É essencial que um Hospital Digital possua infraestrutura que suporte uma operação 24x7, sem quedas de sistema e outras intercorrências. Qualquer falha gera um grande impacto na operação do hospital e no atendimento aos pacientes.

Como consultor certificado PartnerPRO no Brasil, nós, da TS Inova, podemos auxiliar nossos clientes do setor de saúde a adotar sistemas como a imVision, da CommScope, que garante a continuidade da conectividade e a segurança dos ambientes de TI, atuando de forma proativa e em tempo real por toda a infraestrutura do hospital. 

A CommScope participará da 26.ª edição da Hospitalar, que acontece durante os dias 21 a 24 de maio, das 11h às 20h no Expo Center Norte, em São Paulo. Vale visitar o estande #13-200, no Pavilhão Verde, e conhecer as soluções que podem auxiliar hospitais a conquistar a certificação HIMSS Analytics e a se transformar, de fato, em um Hospital Digital.

Referencias Adicionais

Sobre o Autor

Thyago Vieira

Thyago Vieira é sócio proprietário da TS Inova, empresa parceira da CommScope. Profissional com mais de 10 anos de experiência no mercado de infraestrutura de TI e cabeamento estruturado. Trabalhou na CommScope participando da implementação, manutenção e suporte de gerenciamento inteligente de grandes clientes do mercado corporativo. Graduado em Engenharia Elétrica pela PUC-MG e certificado ITIL V3. Pós-graduado em Engenharia de Projetos pela COBRAPI. Graduado em Engenharia Elétrica pela PUC-MG e certificado ITIL V3. Pós-graduado em Engenharia de Projetos pela COBRAPI.

Veja todos os posts do autor

Deixe seu comentário

Por favor, envie seu comentário preenchendo o formulário abaixo

 
(obrigatório)  
 

Powered By OneLink