A alimentação remota, como Power over Ethernet (PoE), é um método popular de oferta de energia cc usando cabeamento de comunicação, com mais de 100 milhões de nós instalados em todo o mundo. A PoE evoluiu, inicialmente fornecendo até 15 watts no equipamento da fonte de energia (power source equipment, PSE), conforme especificado na norma IEEE 802.3af-2003, aumentando para até 30 watts na norma 802.3at-2009 do IEEE, e agora aumentando ainda mais pelo projeto IEEE P802.3bt para fornecer até 90 watts no PSE. É importante notar que todos os níveis e classificações de energia PoE estão em conformidade com as exigências de SELV (sistema de extra baixa tensão), de 60 volts, e LPS (fonte de energia limitada), de 100 VA (watts), do IEC60950-1, tornando a PoE uma aplicação de baixo risco, confiável e econômica para fornecer energia sobre o mesmo cabeamento de par trançado balanceado usado para comunicação de dados.

As organizações de desenvolvimento de padrões de infraestrutura de cabeamento, como a TIA, ISO/IEC, CENELEC, NEC e BICSI, publicaram e/ou estão desenvolvendo especificações com diretrizes de projeto, instalação e operacionais para facilitar a implementação confiável e robusta de redes de alimentação remota, inclusive PoE. Os documentos listados abaixo são a fonte de muitas das diretrizes incluídas nestas considerações sobre implementação.

As diretrizes nos documentos à direita incluem a capacidade máxima de carga atual de cabos de categoria tipicamente usados em edifícios comerciais empresariais sob várias condições de instalação e temperatura ambiente. Isso permite que o cabeamento seja projetado, instalado e operado para otimizar o desempenho térmico e elétrico em várias configurações. As diretrizes suportam a entrega de energia usando todos os quatro pares com 1000 mA por par (500 mA por condutor) para uma potência máxima de 100 VA (100 watts) na fonte de alimentação em cabeamento de quatro pares.

Além disso, para aprimorar a consistência e a harmonização das práticas de instalação, o IEC 60364-7-716 (nova parte do padrão de instalação elétrica da IEC usada como documento de referência em muitos códigos elétricos internacionais) afirma que, se o cabeamento de telecomunicações for usado para o fornecimento de energia, precisa ser planejado e instalado de acordo com a ISO/IEC 14763-2 ou a série CENELEC EN 50174.

 

Faça download para ler o guia por inteiro

 

Diretrizes de implementação

  1. Diretrizes da TIA TSB 184-A para suportar o fornecimento de energia em cabos de par trançado balanceado
  2. TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ISO/IEC TS 29125 - REQUISITOS DE CABEAMENTO DE TELECOMUNICAÇÕES PARA ALIMENTAÇÃO REMOTA DE EQUIPAMENTOS DE TERMINAL
  3. Tecnologia da informação CENELEC CLC/TR 50174-99-1 - Instalação de cabeamento - Parte 99-1: Alimentação remota
  4. Código NEC NFPA 70
  5. Considerações adicionais da TIA 569.D-2 sobre o caminho e espaço para suportar a alimentação remota sobre o cabeamento de par trançado balanceado
  6. Diretrizes de instalação da BICSI para alimentação remota
  7. A revisão da ISO/IEC 14763-2 incluindo o planejamento e instalação para alimentação remota está em desenvolvimento
 

Conteúdo relacionado

 

Powered By OneLink